domingo, 19 de outubro de 2008

CIDADE DE DEUS


Best-seler nacional, o filme “Cidade de Deus” nasceu de uma pesquisa do ex-morador do bairro Paulo Lins. Em 2002 é lançado o filme que não deixa nada a desejar ao livro.

A primeira edição, em 1997, do livro, Editora Companhia das Letras, foi fruto de uma pesquisa para o projeto da antropóloga Alba Zaluar, segundo o site do filme cidadededeus.globo.com. Paulo Lins fazia entrevistas com as pessoas ligadas ao crime, e a partir daí mostrou seu interesse em escrever um livro sobre o assunto. Enquanto escrevia o livro, que já foi publicado por 15 países e já vendeu mais de 12 mil exemplares, o autor imaginava que este poderia se tornar um filme.
No mesmo ano de 1997, os direitos autorais do livro foram vendidos para Fernando Meirelles que se interessou pela historia do livro.
Dirigido por Fernando Meirelles, o filme lançado em 2003 tem o roteiro de Bráulio Mantovani, e também contou a participação do autor do livro, Paulo Lins.
O filme, das distribuidoras Globo Filmes e Miramax International, ganharam três categorias no Prêmio Adoro Cinema 2002, ganhou nove prêmios no Festival de Havana, entre eles a de melhor filme. Indicado ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro em 2003. E indicado a quatro Oscar em 2004, Roteiro Adaptado, Fotografia, Montagem e Diretor, segundo o Site adoro cinema.
Com um custo de produção de US$3,5 o filme foi visto por mais de 3,3 milhões de pessoas e arrecadou cerca de 20 milhões de reais. Nos Estados Unidos a bilheteria chegou a 4,6 milhões de dólares. No total mundial o filme arrecadou ficou em cerca de US$7,564,459, segundo o site BoxOffice.

Curiosidade:
Grande parte do elenco de Cidade de Deus foi escolhido entre garotos que vivem em diversas comunidades e favelas do Rio de Janeiro e que não tinham tido até aquele momento nenhum contato com a arte de atuar. Para fazer esta seleção foram realizadas mais de 2000 entrevistas.


Sinopse
A história recente do crime organizado em favela através da história de dois amigos, um que cresce para ser fotógrafo e o outro, traficante. Baseado no livro de Paulo Lins, ''Cidade de Deus'' tornou-se um clássico do cinema brasileiro, super-premiado internacionalmente e o primeiro filme feito no Brasil a ser indicado em quatro categorias do Oscar: melhor filme, roteiro, fotografia e direção.
Fonte: http://epipoca.uol.com.br/filmes_detalhes.php?idf=4432


TRAILER


5 comentários:

Lais disse...

Oi Ane...
Ainda não tinha passado por aqui...
Mas, seu blog tá bem legal!
E, aproveitando a oportunidade... passa lá no meu blog para dá uma comentada num post sobre o seqüestro da Eloá.
Beijoss!!!

Alexsandro Oliveira Santos disse...

Cidade de Deus foi um dos filmes brasileiros que teve uma fotografia muito precisa e bela.
Assisti umas quarto vezes.
Com relação ao III congresso de tatuagens... estou com a idéia de uma tatuagem para fazer lá.

Ü

FIGUEREDO DIAS disse...

seu blog está cada dia melhor, estou acompanhando; parabéns,bjos!

Leonardo Pastor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo Pastor disse...

Cidade de Deus está entre os meus filmes preferidos. O livro não li, vale a pena?