quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON

O filme, O Curioso Caso de Benjamin Button, com Direção de David Fincher é baseado no romance de F. Scott Fitzgerald. Lançado em dezembro de 2008, o filme concorre a 13 Oscars.

A primeira edição do Best-seller Fitzgerald foi lançada em 1922 e conta a história de Button, homem que nasce com 80 anos e vai rejuvenescendo com o passar dos anos. É uma daquelas histórias que aguça a mente e faz com que a pessoa se coloque no mesmo lugar do personagem principal, fazendo perguntas a respeito da vida.
Em dezembro de 2008 a Warner Bros lança o filme, com um orçamento de US$150.000.000, fonte e-pipoca. Dirigido por David Fincher o filme tem no elenco Brad Pitt, Cate Blanchett nos personagens principais.
O Curioso Caso de Benjamin Button está entre os filmes mais empolgantes do cinema moderno. Com treze indicações ao Oscar o filme já está entre os filmes mais vistos no Brasil com um público total de 677.464, até a semana do dia 25 pessoas, segundo o e-pipoca o filme só está perdendo para o brasileiro Se Eu Fosse Você2, com um público total de 3.614.099.
O motivo do grande sucesso do filme é sua história original e suas questões levantadas, como a questão do envelhecimento e da capacidade das pessoas de adquirir conhecimento mesmo em circunstâncias complexas.

Sinopse:Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver.
Fonte: Adoro cinema
TRAILER

3 comentários:

Quase_de_Moraes disse...

Nossa, pessoal, vale realmente a pena ver o Brad Pitt em uma de suas melhores atuações! Recomendo!

FIGUEREDO DIAS disse...

O filme é lindo, emocionante; nos convida a refletir sobre a finitude humana e as coisas do mundo; a ter um novo olhar sobre o envelhecimento; a como lidar com o diferente. Adorei a música, a maquiagem de Pitt, principalmente. E gostaria muito de ler esse livro.

jorginho da hora disse...

Tomara que eles não tornem essa obra em apenas mais um caça-niqueis.
Adoro este tipo de blog. Tem um papel muito importante. É também um otimo exercicio jornalístico. Vc pretende se especialisar na àrea cultural quando concluir o curso de jonalismo?